Que música sou eu? A trilha sonora de uma década. MÚSICA

É incrível pensar nisso, mas eu tenho certeza de que, ao ler este post, vocês vão entender exatamente do que eu estou falando. O que você sente quando escuta música? Que música vem à sua cabeça quando você está pensando naquela pessoa especial? E aquela viagem maravilhosa que você fez com as suas amigas? Quando bate aquele “momento fossa”, qual é a música que você põe pra tocar, só para desabafar um pouquinho?

Quando começamos a fazer uma playlist dos nossos momentos marcantes, nos damos conta de que a nossa existência tem uma trilha sonora  gigantesca, eclética e cheia de altos e baixos. Mas, na minha opinião, a pergunta mais difícil de ser respondida é “Qual é a música que te define?”

Você sabe?

primeiropost

No primeiro post sobre música, não poderia faltar a música com a qual eu mais me defino. Pelo menos tem sido essa música nos últimos… 10 anos! A primeira vez que eu ouvi essa música, eu não dei muita bola, pois era trilha sonora de um filme que eu estava assistindo no cinema com duas primas minhas. O nome do filme em português é “De repente 30″ e conta a história de uma menina que, no seu frustrante aniversário de 13 anos, desejou ter trinta anos. E de repente… Bom, não vou contar mais porque vocês PRE-CI-SAM assistir. É, sem dúvida um filme muito inspirador e eu me identifico muito com ele. Fica aqui o trailer para dar uma espiada.

De repente 30 – Trailer Legendado

Mas… voltando à música! Ela é de 1977, composta pelo pianista, cantor e compositor Billy Joel para o lado B do seu álbum The Stranger. O nome dela é “Vienna”. Mas o fato de ser a música que me define não tem nada a ver com a cidade austríaca (mas vale a pena dar uma olhada na história da música, que é linda e tem a ver com os velhinhos de Vienna, que são felizes e se sentem úteis no mundo!), e sim a letra da música, que representa tudo o que eu venho sentindo na última década – ui que velha -, principalmente o início, que diz: “Slow down, you crazy child. You’re so ambitious for a juvenile. But then if your so smart, tell me why are you still so afraid?”.

tijolo

Quem me conhece bem, diz que eu sou meio biruta, fora da casinha, mas que eu quero o mundo, as coisas mais impossíveis de se conseguir. E no meio de tanta ambição, bate aquele medinho de vez em sempre. Aquele, por exemplo, que me fez esperar MAIS DE 4 ANOS para começar a escrever aqui.

Escute a música e diga se você lembrou de mim. A letra tá aqui em baixo, pode cantar junto! :)

Vienna Billy Joel

Slow down, you crazy child.
You’re so ambitious for a juvenile.
But then if you’re so smart, tell me why are you still so afraid?
Where’s the fire? What’s the hurry about?
You better cool it off before you burn it out.
You got so much to do and only so many hours in a day.

Don’t you know that when the truth is told
That you can get what you want or you can just get old?
You’re gonna kick off before you even get halfway through.
When will you realize? Vienna waits for you

Slow down, you’re doing fine.
You can’t be everything you wanna be before your time,
Although it’s so romantic on the borderline tonight, tonight.
Too bad, but it’s the life you lead.
You’re so ahead of yourself that you forgot what you need.
Though you can see when you’re wrong,
You know, you can’t always see when you’re right, you’re right.

You’ve got your passion. You’ve got your pride,
But don’t you know that only fools are satisfied?
Dream on, but don’t imagine they’ll all come true.
When will you realize? Vienna waits for you

Slow down, you crazy child.
Take the phone off the hook and disappear for a while.
It’s all right you can afford to lose a day or two.
When will you realize? Vienna waits for you

Don’t you know that when the truth is told
That you can get what you want or you can just get old?
You’re gonna kick off before you even get halfway through.
Why don’t you realize? Vienna waits for you
When will you realize? Vienna waits for you

Qual é a sua música preferida? E aquela música chiclete que, mesmo quando você quer se concentrar em qualquer outra coisa, ela continua tocando insistentemente na sua cabeça? Existe alguma música que você realmente odeia? E aquela que define totalmente quem você é?

Conta aí nos comentários!

Beijocas.


Danina

Observações

  1. Bom, a música que me define até agora é Bravado da Lorde…
    E tem uma música que eu ouvia muito quando tava gostando de um ser… Só que nosso lance tinha meio que acabado, ai viramos apenas conhecidos e ai eu ficava ouvindo a música Rehab da Rihanna e chorando hahaha a música é muito boa descreve perfeitamente a situação que eu tava, ouve Dani e me conta se vc já passou por isso ! Bravado tbm é muito boa, vale a pena ouvir! Bjs ×D

    • Eu adoro Bravado! Teve uma época em que eu estava escutando muito o álbum da Lorde.
      Esse negócio de se identificar com uma música ou um artista por causa de alguém é muuuito comum. Acontecia direto isso comigo. O problema é que tinha muita música boa que eu deixava de escutar porque me lembrava a pessoa. Eu meio que acabava deixando de gostar da música! hahahhahah
      Uma boa parte dos posts aqui do blog tem trilha sonora. São as músicas que eu acho que têm tudo a ver com o texto. Inclusive, um dos textos fala exatamente dessa influência da música. É esse aqui: http://histeriacoletiva.com/como-solidificar-um-pensamento-e-transforma-lo-em-primeiro-beijo/
      Acho que tu vai gostar! :)
      Beijocas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>