Ed Sheeran / Antonio Lulic – São Paulo. Pt I. EVENTOS / MÚSICA

Você pode estar pensando que este é apenas um texto sobre um show que eu fui. Fotos, músicas e esse tipo de coisa. Sim, mas não é beeeem assim. Bom, desta vez eu vou começar falando sobre… pessoas. Sim, há um suspense pairando nessa história, mas eu preciso contar cada detalhe para que vocês possam sentir tudo o que eu senti. A aflição, a espera, a surpresa, a insegurança. Quando tudo já havia acabado e eu estava de volta ao meu quarto de hotel arrumando as malas, eu parei tudo e chorei. E eu não estava triste, de forma alguma. Eu estava encantada com tantas descobertas, com tanta energia, com as coisas que eu descobri no meio disso tudo. Eu preciso dizer que esses últimos dias foram muito especiais por muitas razões. Eu sinto como se tivesse crescido como pessoa e como blogueira também. Quando eu cheguei em São Paulo, tudo ainda estava incerto mas, de alguma forma, eu me mantive confiante. Talvez porque eu senti que coisas boas estavam prestes a acontecer para mim. Para nós, vamos dizer.

You might be thinking that this is just a text about a concert I’ve been to. Pictures, songs and this kind of stuff. Yes, but not quite. Well, this time I’m going to start talking about… people. Yes, there is suspense hovering in this story, but I have to tell every detail so that you can feel everything I felt. Affliction, waiting, surprise, insecurity. When all had finished and I was back to my hotel room packing his bags, I stopped everything and cried. And I was not sad at all. I was blown away with so many discoveries, with so much energy, with the things I found out in the middle of it all. I have to say that this past days were really special for a lot of reasons. I feel like I have grown as a person and as a blogger too. When I arrived in Sao Paulo, everything was still unsure but somehow I remained confident. Maybe because I felt good things were about to happen for me. For us, let’s say.

 

Quando eu descobri que Ed Sheeran iria se apresentar aqui no Brasil e todos os ingressos de São Paulo haviam sido esgotados muito rápido, eu pensei que seria uma grande oportunidade para fazer alguma coisa para os meus leitores porque eu sabia que a maioria deles eram fãs. Eu organizei minhas coisas por aqui, consegui mais informações sobre o show e tentei ir atrás da chance de fazer a cobertura.

When I found out that Ed Sheeran would perform here in Brazil and all the tickets in Sao Paulo had been sold out really fast, I thought it would be a great opportunity to do something for my readers because I knew that most of them were fans. I organized my stuff here, got more information about it and tried to chase the chance of covering the concert.

 

Embora eu soubesse que seria difícil, eu pesquisei nomes das empresas envolvidas, fiz muitas ligações, enviei muitos emails e me inscrevi para a seleção de credenciamento de imprensa. Eu achei que não obteria resposta alguma, mas a maioria das pessoas foi muito gentil comigo. Havia alguns ingressos disponíveis pra o show no Rio. Eu poderia comprar, tirar umas fotos e escrever sobre isso. Mas não seria a mesma coisa. Eu senti que era hora de pensar grande. Apesar de não ter muitos Likes na fan page do blog no Facebook, os leitores são muito engajados. E o feedback tem sido incrível!

Although I knew it would be tough, I searched names of companies involved, made a lot of phone calls, sent a lot of emails and applied for the press pass selection. I thought I would not get any answer, but most people were really nice to me. There were some tickets available for the concert in Rio. I could just buy it, take some pictures and write about it. But it would not be the same thing. I felt it was time to think big. Besides having a not so expressive numbers of Likes in the blog’s fan page on Facebook, readers are really engaged. And their feedback has been pretty awesome!

 

Então, eu descobri que haveria um show de abertura antes da apresentação de Ed. Antonio Lulic é o nome dele. Não mais do que um minuto depois, eu estava ouvindo o som dele e era ótimo! Eu raramente vi alguém com tal extensão vocal e um jeito apaixonado de cantar. Eu pensei imediatamente “Eu preciso entrevistar esses caras.” Principalmente porque era algo muito diferente das coisas que eu estava acostumada. Eu tinha a intenção de escrever um compilado de textos sobre música, os shows em que já fui e o que eu aprendi com eles. Mas eu tinha ido a shows de hard rock, tais como AC / DC e KISS. Os fãs vestindo pequenos chifres vermelhos brilhantes, fogo no palco, sangue falso e uma maquiagem inesquecível. Mas eu nunca tinha ido a um concerto onde você pode deixar suas emoções profundas fluírem lideradas por um violão e uma voz macia. Já era hora. O único que eu tinha chegado mais perto de ir, era o show da Norah Jones, mas que foi cancelado porque o pai dela, o músico Ravi Shankar, havia falecido naquela semana.

Then, I found out that there would be an opening act before Ed concert. Antonio Lulic is his name. No longer than a minute after, I was checking his music out and it was great! I’ve rarely seen someone with such voice extension and a passionate way of singing. I immediately thought “I have to interview these guys”. Mostly because it was something very different from the things I was used to. I had the intention to write a compilation of texts about music, the concerts I’ve been to and what I’ve learned from it. But I had been to hard rock concerts, such as AC/DC and KISS. Fans wearing small bright red horns, fire on stage, fake blood and an unforgettable make-up. But I had never been to a concert where you could let your deep emotions flow led by an acoustic guitar and a tender voice. It was about time. The only one I had gotten closer to go, was Norah Jones concert, but it was cancelled because her father, the musician Ravi Shankar, had passed away that week.

 

Tá bom, então. Eu encontrei outros endereços de e-mail e fiz outras ligações. Bem, conseguir entrevistas com esses caras seria impossível ou algo perto disso. Mas eu decidi ter fé. Para minha chance, eu recebi respostas! Mark Friend, que é o Tour Manager do Ed, foi super legal e me disse a empresa que eu deveria procurar aqui no Brasil pra tentar conseguir uma entrevista. Mais e-mails, mais ligações, sem resposta alguma. Ao invés de ficar triste a respeito disso, eu estava com esperança de que eles teriam uns 5 minutos de intervalo e pudessem falar com o blog. De qualquer forma, eu tinha certeza de que sites pequenos não têm qualquer chance em eventos dessa magnitude.

Ok, then. I found other email addresses and made other phone calls. Well, getting interviews with these guys would be rather impossible or close to that. But I decided to take a leap of faith. For my surprise, I received answers! Mark Friend, Ed’s Tour Manager, was super kind and told me the company I should talk to here in Brazil in order to try to get the interview. More emails, more phone calls. No answer at all. In spite of being sad about it, I was hoping they would have a five-minute break to talk to our blog. Anyway, I was pretty sure small websites don’t have a chance at events of this magnitude.

 

Então eu recebi uma resposta do próprio Antonio Lulic, me dizendo que estava tudo bem em ele ser entrevistado. Minha fé e confiança se restauraram na hora. Se eu tinha chegado tão longe, eu iria lá e faria o que eu tinha de fazer, mesmo que eu ainda não tivesse recebido a resposta do credenciamento ainda. Não era apenas pelos meus leitores, mas por todos os fãs que não poderiam ir ao show. E, apesar da venda de cds no Brasil não ser grande, os fãs são muito apaixonados, muito dedicados e acolhedores, como poucas pessoas são no resto do mundo. Eu acho que é esse sangue latino correndo em nossas veias que faz com que os fãs queiram abraçar, tocar, gritar como uma sirene. Isso assusta qualquer artista que venha de outra cultura, mas como vocês são adoráveis, queridos fãs brasileiros!

But then I received an answer from Antonio Lulic himself telling me it was ok for him to be interviewed. My faith and confidence were restored right away. If I had gotten this far, I would go there and do what I had to do even though I had not received any answer from the press pass yet. It was not just for my readers, but for all the fans that wouldn’t be able to attend this concert. And besides the record selling here in Brazil doesn’t count a huge amount, the fans are very passionate, very dedicated and welcoming, as few people in the rest of the world. I think that is this Latino blood running in our veins that makes the fans want to hug, to touch, to scream as a siren. It scares any artist that comes from other culture, but how lovely you are, dear Brazilian fans!

Clique aqui para ler a parte II. Mas antes escute as músicas abaixo, ok?

Click here to read the part II. But first, listen to the songs below, ok?

 

Caso você não tenha ido ao show, confira aqui algumas músicas de Antonio Lulic:

If you have not been to the concert, check out here some of Antonio Lulic songs:

 

 

 

 


Danina

Observações

  1. Dani amei o texto, fico feliz por você ter conseguido entrevistar o Antonio e não ter desistido … Posta a entrevista dele aqui tbm

    • Oi Darah!
      Vou postar sim! Tudão! Eu só tô indo pela ordem cronológica, então a entrevista com os fãs vem primeiro! \o/

      Beijocas

  2. Que coisa incrível isso Dani! Parabéns por não ter perdido a fé ♥ Você sempre vai se lembrar disso, principalmente nos momentos difíceis quando você ficar na dúvida sobre algo que deve ou não desistir. Vou ler os outros posts sobre esses dias <3
    Ps; Seu blog é um amor!
    Beijos

    • Oi Vanessa!
      Muito obrigada pela mensagem! Vou sempre voltar aqui para ler isso tudo quando pensar em desistir. :)
      Espero que tu goste dos outros textos também!
      Obrigada mesmo, de coração.

      Beijocas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>